Por um processo de ensino-aprendizagem bilingue no 1º CEB

Mário Rui Cruz, Paula Medeiros

Resumo


Como consequência do desenvolvimento tecnológico e mudanças sociais e económicas, é necessária uma
inovação na educação e suas práticas. Na presente sociedade da informação e conhecimento exige-se que
cada cidadão receba uma educação de qualidade, como foi referido na Cimeira da Lisboa em Março de
2000: “(…) European education and training systems must adapt to the need to raise the level of
employment and improve its quality”.
É neste contexto que defendemos a criação dum processo de ensino-aprendizagem bilingue no 1º Ciclo do
Ensino Básico. Ao encarar o desafio do ensino de línguas no contexto da globalização, assumimos o
bilinguismo como um instrumento fundamental para que cada comunidade se consiga expressar a si
própria e se faça entender, seja na sua língua materna, seja noutras línguas que funcionem como francas.


Palavras-chave


Ensino precoce de línguas estrangeiras; Bilinguismo

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17346/se.vol14.142

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 License.

e-ISSN 1647-2144 | Periodicidade semestral |Creative Commons Attribution (BY-NC-SA 4.0) | ESE de Paula Frassinetti | Apoio 

Indexação: DOAJ | ERIH PLUS | Latindex  | MIAR |QOAM | QualisCapes | Genamics JournalSeek |InfoBase Index | REDIB | Google Scholar Metrics (GSMICI Journals Master List database|SJIF Journal Rank|OpenAire |Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura (OEI)