Práticas de colaboração para inclusão de alunos com Necessidades Educativas Especiais nas escolas portuguesas : Perceções de professores e Equipa técnico pedagógica/ Collaboration practices for inclusion of students with special educational needs

Raquel Batista de Oliveira, Maria da Graça Amaro Bidarra, Maria Piedade Vaz-Rebelo

Resumo


Data de submissão: 30-10-2017 Data de Aceitação: 22-12-2017

Este estudo insere-se na temática da inclusão de alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE) nas escolas da Região Centro em Portugal Continental,  tendo como objetivo conhecer as perceções dos diferentes atores sobre as práticas inclusivas de alunos com Necessidades Educativas Especiais nas escolas portuguesas com base no Decreto-Lei 3/2008. Neste sentido, procedeu-se a entrevista semiestruturada direcionada para professores da Educação Especial, professores do Ensino Regular, equipa técnico pedagógica, utilizando a técnica análise de conteúdo para as análises dos dados onde pode-se obter alguns resultados. Os resultados desta investigação revelam que no que se refere as perceções dos diferentes atores educativos face à práticas de colaboração, que há alguma convergência nas respostas destes atores, no entanto, emergem algumas divergências nas respostas destes no que se refere a presença dos recursos humanos e materiais, bem como o seu reconhecimento face utilização destes recursos no espaço escolar. Os resultados também revelam que há diferentes respostas dos participantes face a perceção sobre as práticas de colaboração o que remete a necessidade de um maior fortalecimento entre as culturas de escola que visem o desenvolvimento coeso entre todos os agentes educativos no tocante às práticas de colaboração desenvolvidas neste espaço.

Collaboration practices for inclusion of students with special educational needs in Portuguese schools: Teacher perceptions and pedagogical technical team

This study expands upon the theme of inclusion of students with special needs educational (ENE) in schools of the Região Centro in Portugal Continental. It aims to know different practitioners’ perceptions of inclusion practices of pupils with special needs educational in Portuguese schools based on the Decree-Law 3/2008. In this respect, semi-structured interviews were conducted amongst special education teachers, regular education teachers, and the technicalpedagogical team. Content analysis was performed to examine data. Results show that different educational agents share a few similar views on collaborative practices. Nevertheless, they disagree in terms of their perceptions of human and material resources as well as the value and use of these resources at school. Findings also reveal that participants hold different perceptions of collaborative practices. This points to the need of strengthening the school culture, particularly the development of consensus between all the educational agents on collaborative practices developed in this space. Keywords Special Needs Educational, Inclusion Practices, Differentiation and Support, External evaluation of schools, Educational Measures.


Palavras-chave


Necessidades Educativas Especiais; Práticas inclusivas; Avaliação Externa de Escolas.

Texto Completo:

PDF

Referências


Bauwens, J. & Hourcade, J. (1995). Cooperative teaching: Rebuilding the schoolhouse for all students. Austin, TX: Pro.ed.

Fraga, A. (2008). Atitudes face à inclusão e colaboração

entre professores de educação especial e de ensino regular. Dissertação de mestrado em Psicologia Pedagógica da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação de Coimbra, Coimbra.

Hargreaves, A. (1998). Os professores em tempos de mudança: O trabalho e a cultura dos professores na idade pós-moderna. Alfragide: McGraw Hill.

Inspeção Geral da Educação e Ciência (2012). Avaliação Externa das Escolas 2011-2012. Relatório. Lisboa: Ministério da Educação – IGEC.

Mendes, E.; Almeida, M.; Toyoda, C. 2011. Inclusão escolar pela via da colaboração entre educação especial e educação regular. Educ. rev. [online], n.41, pp. 80-93. Disponível em: http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs2/index.php/educar/article/viewArticle/25003http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs2/index.php/educar/article/viewArticle/25003

Narciso, I. (2007). Contextos colaborativos no sistema escolar – ponto nodal da acção sistémica. Revista Portuguesa de Pedagogia, 41 (1).

Oliveira, R. (2014). Dos pressupostos da educação inclusiva às medidas de diferenciação e apoio e sua avaliação. Dissertação de mestrado em Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores. Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação de Coimbra, Coimbra.




DOI: http://dx.doi.org/10.17346/se.vol23.288

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 License.

e-ISSN 1647-2144 | Periodicidade semestral |Creative Commons Attribution (BY-NC-SA 4.0) | ESE de Paula Frassinetti | Apoio 

Indexação: DOAJ | ERIH PLUS | Latindex  | MIAR |QOAM | QualisCapes | Genamics JournalSeek |InfoBase Index | REDIB | Google Scholar Metrics (GSMICI Journals Master List database|SJIF Journal Rank|OpenAire