O quadro interativo na sensibilização à diversidade linguística na educação pré-escolar
Awakening to languages with the interactive whiteboard in preschool education

Maria João Silva, Filomena Martins

Resumo


Resumo

A diversidade linguística e cultural que se reflete na escola dos dias de hoje pode ser encarada como uma janela de oportunidades para diferentes aprendizagens, pela partilha de diferentes modos de viver e comunicar. Numa sociedade onde as tecnologias digitais são vistas como um meio facilitador das aprendizagens, apresentamos um projeto de investigação-intervenção educativa onde se visa sensibilizar um grupo de crianças da educação pré-escolar para a diversidade linguística, com recurso ao quadro interativo multimédia. Os resultados obtidos neste estudo demonstram que o contacto com o quadro interativo multimédia, conhecido pelas suas potencialidades educativas, possibilitou nas crianças o desenvolvimento da sua consciência linguística das crianças, da literacia, assim como de competências tecnológicas.

Palavras-chave: Sensibilização à diversidade linguística; quadro interativo multimédia; narrativa digital; educação pré-escolar.

Abstract: In our days, the linguistic and cultural diversity is reflected in every school and as an opportunity for other forms of learning, by sharing ways of living and communicating. In a society where digital technologies are a facilitator of ways of learning, we present an educational research intervention project with the aim of sensitize a pre-school children’s group to linguistic diversity, using the interactive whiteboard. The results of this study show that the contact with the interactive multimedia whiteboard, known for its educational potential, enabled children to develop linguistic awareness, literacy and technological skills.

Keywords: Awakening to languages; interactive whiteboard; digital narrative; preschool education.


Palavras-chave


Sensibilização à diversidade linguística; quadro interativo multimédia; narrativa digital; educação pré-escolar

Texto Completo:

PDF

Referências


Andrade, A. I., & Martins, F. (Coords.) (2007). Abordar as línguas, integrar a diversidade nos primeiros anos de escolaridade. Cadernos do LALE, Série Propostas, 3. Aveiro: Universidade de Aveiro, CIDTFF.

Andrade, A. I., et al. (2014). A diversidade linguística nos discursos e nas práticas de educação e formação. Aveiro: UA Editora.

Amante, L. (2007). As TIC na Escola e no Jardim de Infância: motivos e factores para a sua integração. Sísifo. Revista de Ciências da Educação, (3), pp. 51-64. Consultado em 20/05/2018, disponível em http://sisifo.fpce.ul.pt/?r=11&p=51

Antunes, P. (2008). Impacte dos quadros interactivos nas práticas docentes: um estudo de caso. Dissertação de Mestrado em Multimédia em Educação não publicada, Universidade de Aveiro.

Bardin, L. (1988). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Beacco, J.-C., & Byram, M. (2007). From Linguistic Diversity to Plurilingual Education: Guide for the Development of Language Education Policies in Europe. Strasbourg: Council of Europe, Language Policy Division.

Bogdan, R. C., & Biklen, S. K. (1994). Investigação qualitativa em Educação. Porto: Porto Editora.

Bottentuit Junior, et al. (2012). Narrativas Digitais na Formação Inicial de Professores: Um Estudo Com Alunos de Licenciatura em Pedagogia. Revista Teias, 13(27), pp. 191-204. Consultado em 10/06/2018, disponível em http://www.e publicacoes.uerj.br/index.php/revistateias/article/view/24260/17239

Candelier, M., et al. (2012). A Framework of Reference for Pluralistic Approaches to Languages and Cultures. Competences and resources. Graz: European Centre for Modern Languages, Council of Europe.

Castells, M. (2006). La Sociedad Red: una visión global. Madrid: Alianza Editorial.

Cruz, M. (2011). Consciência cultural crítica numa comunidade virtual educativa de línguas. Tese de Doutoramento não publicada em Didática e Formação, Universidade de Aveiro.

Cruz, M. & Melo, S. (2004). “Mobilidade on-line”: potencialidades da comunicação plurilingue em chat. Saber & Educar, 10, pp. 99-114. Consultado em 20/06/2018, disponível em http://hdl.handle.net/20.500.11796/1021

Dias, R. (2014). Despertar para as línguas no Pré-Escolar – O Quadro Interativo e o Jogo Dissertação de Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico não publicada, Universidade de Aveiro.

Giddens, A. (2000). O mundo na era da globalização. Lisboa: Editorial Presença.

Hélot, C. (2017). Awareness Raising and Multilingualism in Primary Education. In J. Cenoz, D. Gorter, & S. May (Eds.). Language Awareness and Multilingualism. Encyclopedia of Language and Education (3rd ed). Springer, Cham.

Lourenço, M. (2014). Um currículo para a diversidade: propostas para a educação da infância. Revista Iberoamericana de Educación, 66(2), 1-11. Consultado em 01/06/2018, disponível em https://rieoei.org/RIE/article/view/282

Lourenço, M., & Andrade, A. I. (2013). Promoting phonological awareness in pre-primary education: possibilities of the ‘awakening to languages’ approach. Language Awareness, pp. 1-15. Consultado em 01/06/2018, disponível em http://dx.doi.org/10.1080/09658416.2013.783585

Lourenço, M. et al. (2017). Teachers’ voices on language awareness in pre-primary and primary school settings: implications for teacher education. Language, Culture and Curriculum, pp. 1-15. Consultado em 01/06/2018, disponível em https://doi.org/10.1080/07908318.2017.1415924

Lucas, M., & Moreira, A. (2017). DigComp 2.1: quadro europeu de competência digital para cidadãos: com oito níveis de proficiência e exemplos de uso. Aveiro: UA.

Martins, F. (2008). Formação para a diversidade linguística – um estudo com futuros professores do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Tese de Doutoramento em Didática não publicada, Universidade de Aveiro.

Mateus, M. (2011). Diversidade Linguística na Escola Portuguesa. Revista Lusófona de Educação, 18(18), pp. 13-24. Consultado em 01/06/2018, disponível em http://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/2560

Ministério da Educação (2016). Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar. Lisboa: Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação (DGE).

Ministério da Educação (2017). Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória. Lisboa: Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação (DGE).

Rodrigues, C. (2014). O Quadro Interativo na aula de inglês: desenvolvimento de práticas comunicativas. Tese de Doutoramento em Multimédia em Educação não publicada, Universidade de Aveiro.

Santos, V. (2012). A utilização dos livros digitais do Plano Nacional de Leitura na educação pré-escolar: Potencial pedagógico, expectativas e práticas dos educadores. Dissertação de Mestrado em Educação não publicada, Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.

Silva, M. J. (2014). Sensibilização às Línguas no Pré-Escolar com o Quadro Interativo. Dissertação de Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico não publicada, Universidade de Aveiro.

Sim-Sim, I. (1998). Desenvolvimento da Linguagem. Lisboa: Universidade Aberta.

Sousa Santos, B. (2001). Os processos da globalização. In B. Sousa Santos (Ed.), Globalização: fatalidade ou utopia? (pp. 31-106). Porto: Edições Afrontamento.

Spínola, T. (2009). A utilização do quadro interactivo multimédia em contexto de ensino e aprendizagem. Impacte do projecto “O Quadro interactivo multimédia na RAM”. Dissertação de Mestrado em Multimédia em Educação não publicada, Universidade de Aveiro.

Traça, M. (1992). O fio da memória: do conto popular ao conto para crianças. Porto: Porto Editora.




DOI: http://dx.doi.org/10.17346/se.vol25.319

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 License.

e-ISSN 1647-2144 | Periodicidade semestral |Creative Commons Attribution (BY-NC-SA 4.0) | ESE de Paula Frassinetti | Apoio 

Indexação: DOAJ | ERIH PLUS | Latindex  | MIAR |QOAM | QualisCapes | Genamics JournalSeek |InfoBase Index | REDIB | Google Scholar Metrics (GSMICI Journals Master List database|SJIF Journal Rank|OpenAire |Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura (OEI)