Cartografias Coletivas / Collective Cartographies

Alexandra Baudouin

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão para a Educação Artística integrada num currículo escolar interdisciplinar onde a expressão livre é central. Esta reflexão resulta da oficina de Expressão Plástica, sob o tema “Cartografias Coletivas”, realizada com um grupo de crianças entre os 8 e os 9 anos, onde se criaram percursos reais e/ou imaginários, projetados da respetiva intimidade, partilhada no grupo.

Esta oficina desenvolve uma experiência estética e artística que se baseia numa metodologia de observação ação participada, que na literatura é apontada como propiciadora do desenvolvimento de uma relação entre: sensibilidade, criatividade, imaginação e curiosidade.

 

 Collective Cartographies

Abstract

This article presents a reflection on Art Education as part of an interdisciplinary school curriculum where free expression is of core subject. This reflection is a result of a visual arts workshop entitled “Collective Cartographies” made possible with a group of children between 8 and 9 years old, with whom real or imaginary courses were charted and shared collectively.

The aim of this workshop was to create an esthetic and artistic experience, based on a methodology that the theory implies to be the driving force of the relationship development between: sensibility, creativity, imagination and curiosity.

 

Key words: Maps; Art Education; Light; Creativity; Collective sharing


Palavras-chave


Mapas; Educação Artística; Luz; Criatividade; Coletivo

Texto Completo:

PDF

Referências


Almeida, B. (1980). A Educação estético-visual no ensino escolar. Lisboa: Livros Horizonte.

Acaso, M. (2009). La educación artística no son manualidades. Madrid: Los libros de la Catarata.

Amado, J. (Coord.) (2013). Investigação Qualitativa em educação. Coimbra: Imprensada Universidade de Coimbra.

Baudouin, A. (2011). Aplicação de um programa de educação artística: Envolvimento de crianças e jovens em processos criativos “a brincar com a luz criei uma história”. Dissertação de Mestrado em Educação Artística, não publicada, Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.

Barbosa, A. M. (1995). Teoria e Prática da Educação Artística. São Paulo: Editora Cultrix.

Csikszentmihaly, M. (1996). Creativity. Nova Iorque: HarperCollins Publishers.

Delors, J. (2010). A Educação ou a Utopia Necessária. In Educação. Um tesouro a descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI (pp. 5-23).Brasil: Sector de Educação da Representação da UNESCO no Brasil.

Dewey, J. (2002). A Escola e a sociedade e A criança e o currículo. Lisboa: Relógio d’Água Editores.

Durozoi, G. & Lecherbonnier, B. (1976). O Surrealismo. Coimbra: Livraria Almedina.

Eça, T. (2010). Educação através da arte para um futuro sustentável. Consultado em 20/01/2011, disponível em http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v30n80/v30n80a02.pdf

Eisner, E. W. (2004). El arte y la creación de la mente. Barcelona: Ediciones Paidós Ibérica.

Gonçalves, E. (1991). A Arte Descobre a Criança. Amadora: Raiz Editora.

Kandinsky, W. (1987). Do espiritual na arte. Alfragide: Publicações Dom Quixote.

Lowenfeld, V. (1970). Desenvolvimento da capacidade criadora. São Paulo: Mestre Jou.

Lúcio, A. L. (2008). Educação, Arte e Cidadania. Paredes: Temas & Lemas.

Munari, B. (2007). Fantasia. Lisboa: Edições 70.

Rancière, J. (2010). O Espectador Emancipado. Lisboa: Orfeu Negro.

Read, H. (1982). A Educação Pela Arte. Lisboa: Edições 70.

Rodari, G. (2006). Gramática da Fantasia. Lisboa: Editorial Caminho.

Santos, J. (2009). É através da via emocional que a criança aprende o mundo exterior. Lisboa: Assírio & Alvim.

Silva, T. (1985). Teatro de Sombras: Linha de Horizonte de Lourdes de Castro e Manuel Zimbro. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Vygotsky, L. S. (2012). Imaginação e criatividade na infância. Lisboa: Dinalivro. (Trabalho original em Russo publicado em 1930).




DOI: http://dx.doi.org/10.17346/se.vol24.333

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 License.

e-ISSN 1647-2144 | Periodicidade semestral |Creative Commons Attribution (BY-NC-SA 4.0) | ESE de Paula Frassinetti | Apoio 

Indexação: DOAJ | ERIH PLUS | Latindex  | MIAR |QOAM | QualisCapes | Genamics JournalSeek |InfoBase Index | REDIB | Google Scholar Metrics (GSMICI Journals Master List database|SJIF Journal Rank|OpenAire |Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura (OEI)