Ensino e Aprendizagem da Matemática no Jardim-de-infância: Concepções e Práticas das Educadoras e Estagiárias do C.I.P.P Kilamba-Angola

Maria Fátima de Assis Paulo

Resumo


Apresenta-se um estudo realizado na centralidade do Kilamba em Luanda-Angola com o objectivo de analisar a concepção que as educadoras têm e a repercussão das suas práticas sobre o ensino da Matemática. Para o seu cumprimento, foi feita análise empírica de natureza qualitativa que aponta para o fraco conhecimento que os educadores têm sobre o ensino da Matemática nas crianças do pré-escolar. Concluiu-se que a formação dos educadores a nível das práticas e metodologias da Matemática é um dos suportes para minimizar as lacunas existentes, e que é importante trabalhar a matemática na vida da criança por meio de jogos, pois proporciona aprendizagens mais significativas. 

Teaching and Learning Mathematics in Kindergarten: Conceptions and Practices of Educators and Interns at C.I.P.P Kilamba-Angola

Abstract:

We present a study carried out at Kilamba's headquarters in Luanda-Angola with the aim of analyzing the conception that the educators have and the repercussion of their practices on the teaching of mathematics. For its fulfillment, an empirical analysis of qualitative nature was made, which points out the weak knowledge that educators have about the teaching of mathematics in preschool children. It was concluded that the training of educators in terms of mathematical practices and methodologies is one of the supports to minimize the existing gaps and that is important to work mathematics in the child's life through games, as it provides more meaningful learning. Keywords: Teaching. Learning. Mathematics. Childhood educators.

Data de receção: 31/03/2020

Decisão Final: 07/09/2020


Palavras-chave


Ensino; Aprendizagens; Matemática; Educadores de infância

Texto Completo:

PDF

Referências


Araújo, J. F. & Silvestre, H.C. (2012). Metodologia para a Investigação Social. Lisboa: Escolar Editora.

Azevedo, P. D. (2014). Narrativas de Práticas Pedagógicas de Professores que Ensinam Matemática na Educação Infantil. Bolema, 28(49), 1980-4415. http://dx.doi.org/10.1590/1980-4415v28n49a20

Arrais, L.F.L., Moraes, S.P.G., Moya, P.T. & Lazaretti, L.M. (2017). O Ensino da Matemática na Educação Infantil: Propostas de Trabalho com Jogos. Educação matemática Pesquisa, 19(1), 353-377. https://doi.org/10.23925/1983-3156.2017v19i1p353-377

Arribas, T. L. (2004). Educação Infantil: Desenvolvimento, Currículo e Organização Escolar (5ª ed.) Porto Alegre: Artmed.

Amado, J. & Ferreira, S. (2013). Manual de Investigação Qualitativa em Educação. Coimbra: Imprensa da UC.

Bruner, J. (1988). Desarolho Cognitivo y Educacion. Madrid: Morata.

Bassedas, E. & Huguet, T. (1999). Aprender e Ensinar na Educação Infantil. Porto Alegre: Artmed.

Baroody, A. J. (2010). Incentivar a Aprendizagem Matemática das Crianças. In B. Spodek (Ed.), Manual de Investigação em Educação de Infância (pp. 333-390). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Boyd, B. & Pellegrini, A.D. (2010). O Papel do Jogo no Desenvolvimento da Criança e na Educação de Infância: Questões de Definição e Função. In B. Spodek (Ed.), Manual de Investigação em Educação de Infância (pp. 225-264). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Borges, M. & Cardoso, A. (2008). As práticas dos Educadores de Infância no Domínio da Matemática. Millenium, 38 (15), 125-146. https://revistas.rcaap.pt/millenium/article/view/8254

Campenhoudt, L. & Quivy, R. (1995). Manual de Investigação em Ciências Sociais. Lisboa: Gradiva.

Coutinho, C. (2011). Metodologia de Investigação em Ciências Sociais e Humana: Teoria e Prática. Coimbra: Almedina.

Katz, L. G. (2006). Perspectivas Actuais Sobre a Aprendizagem na Infância. Revista Saber e Educar, 11,7-21. http://hdl.handle.net/20.500.11796/700

Laville, C. & Donne, J. (1999). A Construção do Saber: Manual de Metodologia em Ciências Humanas. Porto Alegre: Artmed.

Leite, A. (2014). Educação Infantil e Educação Matemática: Imaginário e Possibilidades da Infância. Poiésis, Vol. Especial, 121-135. https://core.ac.uk/download/pdf/300480379.pdf

Minayo, M. & Costa, A. (2018). Fundamentos Teóricos das Técnicas de Investigação Qualitativa. Revista Lusófona de Educação, 40, 139-153. https://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/6439

Moreira, D. & Oliveira, I. (2003). Iniciação à Matemática no Jardim-de-infância. Lisboa: Universidade Aberta.

Piaget. J. (1986). O Nascimento da Inteligência na Criança. Lisboa: Publicações Dom Quixote.

Santos, A.P.S. (2017). Estudo e Análise do Absentismo Escolar nas Aulas de Matemática na Escola Superior Pedagógica do Namibe-Angola. (Tese não publicada). Universidade de Granada. Cuba.

Seifert, K. L. (2010). O Desenvolvimento Cognitivo e a Educação de Infância. In B. Spodek (Ed.), Manual de Investigação em Educação de Infância (pp. 15-48). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Silva, B. (2013). Sala de Aula na Educação Infantil: Ambiente Educativo, da Percepção à Acção. In 12º Congresso Nacional de Educação Educere. Pontifícia Universidade Católica do Paraná. https://educere.bruc.com.br/CD2013/pdf/12859_6849.pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.17346/se.vol0.371

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 License.

e-ISSN 1647-2144 | Periodicidade semestral |Creative Commons Attribution (BY-NC-SA 4.0) | ESE de Paula Frassinetti | Apoio 

Indexação: DOAJ | ERIH PLUS | Latindex  | MIAR |QOAM | QualisCapes | Genamics JournalSeek |InfoBase Index | REDIB | Google Scholar Metrics (GSMICI Journals Master List database|SJIF Journal Rank|OpenAire |Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura (OEI)