Os contributos do teatro na educação de adolescentes

Marta Graça, Manuela Gonçalves

Resumo


A adolescência encontra-se amplamente documentada como uma fase de conflito. No sentido de identificar e compreender quais os desafios dos adolescentes; e promover uma melhoria na comunicação entre estes, o grupo de pares e adultos significativos (pais e professores), empreendemos um projeto de investigação-ação com um grupo de oito adolescentes. Através de técnicas de teatro e de dinâmica de grupos, os adolescentes ingressaram numa experiência de descoberta de si mesmo e do outro, e colocaram em palco, diante de uma audiência de adultos e pares, as suas vivências, dilemas e sentimentos. Os resultados indicam que o teatro assume-se como uma ferramenta educativa, fundamental ao desenvolvimento de competências.

Palavras-chave


adolescência; educação; teatro; investigação-ação

Texto Completo:

PDF

Referências


Alarcão, Madalena. (2000). (Des)Equilibrios familiares: uma visão sistémica. Coimbra: Quarteto.

AMADO, João; COSTA, António Pedro; CRUSOÉ, Nilma. (2013). A técnica da análise de conteúdo. In Manual de investigação qualitativa em educação (pp. 301–351). Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra.

Artiaga, Jaime Funes. (1998). A animação sociocultural na juventude. In A animação sociocultural. Teorias, programas e âmbitos (pp. 219–233). Lisboa: Instituto Piaget.

Bardin, Laurence. (2004). Análise do conteúdo. Lisboa: Edições 70 .

Benoit, Jean-Claude. (1997). O tratamento das perturbações familiares. Lisboa: Climepsi Editores.

Boal, Augusto. (1996). O arco-íris do desejo. Método Boal de teatro e terapia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.

Boal, Augusto. (2005). Teatro do oprimido e outras poéticas políticas (7a ed.). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.

Caldas, José. (1999a). A intervenção do artista na escola. In Teatro na escola. A nostalgia do inefável (pp. 6–15). Santa Maria da Feira: Quinta Parede.

Caldas, José. (1999b). G.A.S. – Grupo de Teatro Aurélia de Sousa. Uma experiência paralela. In Teatro na escola. A nostalgia do inefável (pp. 16–39). Santa Maria da Feira: Quinta Parede.

Cavassin, Juliana. (2008). Perspectivas para o teatro na educação como conhecimento e prática pedagógica. R.cient./FAP, Curitiba, 3, 39–52.

Coleman, James, Husén, Torsten. (1985). Tornar-se adulto numa sociedade em mutação. Porto: Edições Afrontamento.

Conde, Idalina. (1990). Identidade nacional e social dos jovens. Análise Social, XXV, 675–693.

Cordeiro, J. C. Dias. (1979). O adolescente e a família – abordagem educativa e psicoterapêutica na perspectiva familiar. Lisboa: Moraes Editores.

Deconchy, Jean-Pierre. (1989). O desenvolvimento psicológico da criança e do adolescente. Lisboa: Editorial Pórtico.

Erikson, Erik H. (1972). Identidade, juventude e crise. Rio de Janeiro: Zahar Editores.

Forsyth, Donelson R. (1982). An introduction to group dynamics. Monterey, CA: Thomson Brooks/Cole Publishing Company.

Fragateiro, Carlos. (1991). Será que se ensina a ensinar teatro? In Actas do 2o encontro nacional de didáctica e metodologias de ensino (pp. 617–624). Aveiro: Universidade de Aveiro.

Freire, Paulo. (1996). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra.

Ghiglione, Rodolphe, Matalon, Benjamin. (2005). O inquérito: teoria e prática (4a ed reim.). Oeiras: Celta editora.

Gonçalves, Manuela. (2012). Educação, trabalho e família. Trajectórias de diplomados universitários. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Gouveia-Pereira, Maria et al.. (2000). Dinâmicas grupais na adolescência. Análise Psicológica, 18(2), 191–201.

Koudela, Ingrid Dormien, Santana, Arão Paranaguá. (2005). Abordagens metodológicas do teatro na educação. Ciências Humanas Em Revista, 3(2), 145–154.

Lafontana, Marcelo. (1999). Coração do carrasco – O que vamos dizer através do teatro. In Teatro na escola. A nostalgia do inefável (pp. 43–48). Santa Maria da Feira: Quinta Parede.

Landier, Jean Claude, Barret, Gisele. (1991). Expressão dramática e teatro. Lisboa: Asa.

Lewin, Kurt. (1946). Action research and minority problems. Journal of Social Issues, 2(4), 34–46.

Machado, Maria Clara. (1972). Teatro na educação. Cadernos de Teatro, 52(1), 6–10.

Magno, Alberto. (1999). Teatro nas escolas – um complemento ao processo educacional contemporâneo. In Teatro na escola. A nostalgia do inefável (pp. 63–64). Santa Maria da Feira: Quinta Parede.

Monteiro, Regina Forneaut. (1979). Jogos dramáticos. São Paulo: McGraw-Hill.

Moreno, Jacob Levy. (1975). Psicodrama. São Paulo: Cultrix.

Pais, José Machado. (1990). A construção sociológica da juventude - alguns contributos. Análise Social, XXV(105-106), 139–165.

Pérez Serrano, Gloria. (1998). Metodologias de investigação em animação sociocultural. In Animação sociocultural.Teorias, programas e âmbitos (pp. 101–119). Lisboa: Instituto Piaget.

Pérez Serrano, Gloria. (2000). Elaboración de proyectos sociales. Casos prácticos. Madrid: Narcea.

Petrus, Antonio. (1997). Pedagogia social. Barcelona: Ariel.

Quintana Cabanas, Jose Maria. (2000). Pedagogia social. Madrid: Dykinson.

Reymond-Rivier, Berthe. (1977). O desenvolvimento social da criança e do adolescente. Lisboa: Editorial Aster.

Rosseto, Robson. (2008). O espectador e a relação do ensino do teatro com o teatro contemporâneo. R.cient./FAP, Curitiba, 3, 69–84.

Santos, Helena. (1999). Os teatros e a escola – Considerações breves sobre algumas experiências de teatro nas escolas. In Teatro na escola. A nostalgia do inefável (pp. 78–85). Santa Maria da Feira: Quinta Parede.

Spolin, Viola. (1999). Improvisation for the Theater: A Handbook of teaching and directing techniques (3a ed.). Evanston, Illinois: Northwestern University Press.




DOI: http://dx.doi.org/10.17346/se.vol19.83

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 License.

e-ISSN 1647-2144 | Periodicidade semestral |Creative Commons Attribution (BY-NC-SA 4.0) | ESE de Paula Frassinetti | Apoio 

Indexação: DOAJ | ERIH PLUS | Latindex  | MIAR |QOAM | QualisCapes | Genamics JournalSeek |InfoBase Index | REDIB | Google Scholar Metrics (GSMICI Journals Master List database|SJIF Journal Rank|OpenAire |Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura (OEI)