n. 24 (2018)

A Educação Artística na Escola do Século XXI

DOI: http://dx.doi.org/10.17346/se.vol25

O mundo vive atualmente um momento marcado por grandes transformações socioculturais e educativas. Encontra-se em movimento acelerado, como veículo de produção e transmissão de informações, conformando novas subjetividades, novas formas de ver, de sentir, de interpretar e de projetar uma cultura polifónica. Neste contexto, também as manifestações artísticas, sustentadas pela pós-modernidade, têm provocado grandes mudanças no contexto cultural, abrindo um espaço de questionamento que pressupõe um conhecimento sempre renovado, quer concetual, quer formal, com repercussões na educação artística, implicando novas formas de ensino-aprendizagem. E, por essa razão, torna-se urgente (re)pensar a área da educação artística, tendo em consideração a sociedade em vivemos, perspetivando o futuro. Pensar a Educação Artística na Escola do futuro é pensar em novos desafios e em novas exigências, em valores e práticas que deverão ser equacionados, em mitos que terão se ser colocados em causa, para uma revitalização capaz de conceber, atuar e refletir, que ajude a escola a problematizar e a projetar o futuro através da mudança e da inovação.

Neste enquadramento, o presente número da Revista Saber & Educar reúne um leque de artigos que incidem em diversas temáticas relacionadas com A Educação Artística na Escola século XXI, destacando-se as políticas curriculares e uma nova organização educativa, o papel do aluno e do professor no processo de ensino-aprendizagem, bem como a relação entre a escola, a família e a comunidade. A dimensão didática dos espaços e dos objetos escolares, assim como as metodologias de ensino-aprendizagem que impactam nas práticas educativas, têm também um lugar de evidência em vários artigos.

Salienta-se, ainda, a abordagem do fenómeno artístico numa perspetiva sociocultural e da literacia artística na era pósdigital em que nos encontramos e que pressupõe uma transformação educativa.

Por último, numa perspetiva mais empírica, são apresentados projetos e experiências didáticas de inovação curricular formal e não formal e de intervenção comunitária.

Equacionados num panorama de mudança que exige a nossa atenção para o desenho de novas linhas de ação na área da Educação Artística estes artigos procuram abrir caminho a novas formas de pensar e atuar determinantes na construção de cidadãos que possam ser atores de corpo inteiro da invenção do futuro que é já hoje.

Organização deste número temático: 

Mónica Oliveira, Escola Superior de Educação Paula Frassinetti

Sumário

Editorial

A Educação Artística na Escola do Século XXI
José Luís Gonçalves
PDF

Artigos S&E

Sandra Palhares
PDF
Bartolomeu Paiva
PDF
Anabela Moura, Gabriela Barbosa
PDF
Carlos Gonçalves, Natálina Cristovão, Paulo Esteireiro
PDF
Susana Lopes, Cláudia Melo
PDF
Aroa Mediero González
PDF
Alexandra Baudouin
PDF
Marta Ornelas
PDF
Adriana Campos, Andreia Dias
PDF

Investigadores Convidados

Mónica Oliveira
PDF
Rafael Marfil-Carmona
PDF