Edições Anteriores

2017

Capa da revista

n. 23 (2017): Contornos da EDUCAÇÃO INCLUSIVA na perspetiva da lei e das respostas educativas

Os contornos da EDUCAÇÃO INCLUSIVA na perspetiva da lei e das respostas educativas

A Humanidade necessitou de percorrer séculos de existência para lograr o respeito pela vida e pela individualidade e especificidade de cada indivíduo, a par do sentido de responsabilidade coletiva pelo bem-estar e plena realização de todos e cada um, consubstanciando-se assim a afirmação da cidadania plena, entretanto proclamada pela Convenção dos Direitos Humanos. No plano educacional, constitui hoje base de atuações, na maioria dos países, o preceituado na Declaração de Salamanca, de 1994, onde se reconhece a necessidade e a urgência de garantir a educação para as crianças, jovens e adultos com necessidades educativas especiais no quadro do sistema regular de educação. Mais se afirma que a adaptação a promover é a das escolas, através de uma pedagogia centrada na criança, capaz de ir ao encontro das suas necessidades e potencialidades. A própria ciência foi comprovando que todas as crianças e jovens, independentemente das suas referências culturais ou das suas potencialidades e necessidades, progridem e devem aprender juntas. O avanço do conhecimento científico e técnico que baseia a intervenção diferenciada, as práticas inovadoras desenvolvidas e o investimento humano na educação inclusiva refletem a procura incessante de melhores atuações, a caminho da concretização do princípio da inclusão, nas escolas e na sociedade. Portugal, ao assinar, a par de numerosos outros países, a referida Declaração, tomou em mãos a tarefa da educação inclusiva, que paulatinamente vem concretizando. A Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti assumiu, desde 1990, a responsabilidade de ser parceira na procura da realização desse ideal, através da promoção do conhecimento científico, da habilitação de recursos humanos, e da construção de materiais e recursos tecnológicos especializados. Os docentes e os técnicos especializados por esta instituição desenvolvem atualmente uma meritória ação, de norte a sul do país, enquanto obreiros e observadores críticos do caminho percorrido. Obra sempre inacabada, apesar de em permanente evolução! O Departamento de Educação Especial e Psicologia, pela observação das ações implementadas no terreno, pelos dados colhidos na investigação que promove, pela escuta constante de anseios partilhados na formação que ministra, tem a perceção do sentimento implícito e explícito do quanto falta cumprir, no processo de construção da qualidade, no âmbito da inclusão educativa. É de importância capital continuar a alertar o pensamento que enforma a política educativa, o ambiente social geral, as instituições educativas, os gestores de educação e ensino, os professores, as famílias, as associações e demais organizações, para o facto de as especificidades em crianças e alunos infra ou supra dotados deverem ser identificadas o mais cedo possível, promovendo-se uma educação de qualidade para todos, seguindo uma orientação inclusiva. A publicação deste número da Revista Saber & Educar, de natureza temática, tem isso em vista. As pesquisas e experiências relatadas, os modelos, metodologias e recursos descritos, oferecem contributos significativos para novo impulso.

Os diferentes artigos apresentados, permitem ao leitor ter acesso a:

 i) Estratégias e práticas diferenciadas que possibilitam aprendizagens enriquecidas, disponíveis em

Estratégias de aprendizagem na inclusão de alunos com deficiência visual no desenvolvimento cognitivo da matemática

Boas práticas na implementação de Sistemas Aumentativos e Alternativos de Comunicação nas Unidades de Apoio Especializado para a educação de alunos com Multideficiência em Portugal continental: uma exigência por cumprir? 

ii) Um modelo organizativo e funcional que potencia práticas educativas inclusivas, apresentado em:

Construção de um território inclusivo na Região Centro de Portugal: do diagnóstico às estratégias de intervenção na educação especial 

 iii) Abordagens pedagógicas específicas para alunos com dislexia, em diferentes níveis de ensino, descritas em:

Os jogos de (e com) palavras como resposta educativa a crianças com dislexia: algumas propostas

Dislexia no Ensino Secundário/Superior: Avaliação, Intervenção e Reeducação Pedagógica

iv) Dados sobre uma relação colaborativa no seio da comunidade educativa, apresentada em:

Práticas de colaboração para inclusão de alunos com Necessidades Educativas Especiais nas escolas portuguesas: Perceções de professores e Equipa técnico pedagógica 

v) Experiências de diferenciação e inclusão bem-sucedidas, relatadas em:

Diversidades do aprender na escola nova de A. Faria de Vasconcellos, pioneiro da educação do futuro

Sobre ombros de gigantes: uma visão contextualizada da ciência pelos alunos do Ensino Fundamental II

vi) Resultados obtidos em contextos de investigação em linguagem, descritos em:

Aprendizagem Linguística e Processos Mnésicos: Contributos para a validação da Prova de Avaliação da Memória e Compreensão Verbal (PAMCV)

vii) Descrição de atitudes e contributos significativos da família, apresentados em:

Atitudes dos pais em relação à inclusão: Contributos de um estudo quantitativo

Envolvimento participativo de famílias no processo de apoio em Intervenção Precoce na Infância

Crianças Sobredotadas, Posição da familia e comunidade no plano educativo

VARIÆ

 Violência Conjugal: Crenças de Atuais e Futuros Profissionais, Implicados na sua Resposta e Prevenção – Direito, Saúde e Educação 

 Bioética e promoção da saúde docente na educação superior: uma interface necessária







2011

n. 16 (2011): Processo de ensino-aprendizagem e de formação de profissionais de educação

Este número especial da Revista Saber & Educar é integralmente dedicado à problematização e à dilematização enquanto metodologias aplicadas ao processo de ensino-aprendizagem e de formação de profissionais de educação.


2010

n. 15 (2010)

01 Caderno Educação Especial (20 anos na esepf)

02 Caderno Criança, Sujeito de Direitos

03 Caderno Variæ

 


2009

n. 14 (2009)

01 Caderno Ensino de Línguas na Educação Pré-escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico

02 Caderno Luso-Brasileiro

03 Caderno Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores


1 a 10 de 24 Itens     1 2 3 > >>